O básico é muito pouco pra você? Sempre tentou ser o melhor, tirar as notas mais altas, vencer nas competições? Provavelmente você se encaixa no que chamam de perfeccionismo. Mas isso é ruim? Ou será que você tem apenas manias, ao invés de ser realmente perfeccionista?

De início, já vamos separar os que buscam a perfeição em tudo que fazem, daqueles que tem apenas manias, como a de arrumação. Gostar de ter tudo no seu lugar não é necessariamente um sinal de que você é perfeccionista.

Quando o perfeccionismo é um defeito

Primeiro, vamos definir o que é um perfeccionista fora do normal, aquele que é classificado como vítima de um transtorno comportamental. Esse tipo de pessoa adota um comportamento neurótico e apresenta constante insatisfação com seu desempenho e dúvidas sobre a qualidade de seu trabalho, levando o indivíduo a escrupulosidade, verificações de pormenores, obstinação, prudência e rigidez excessivas prejudicando a sua pontualidade e eficiência. Caso seja um traço de personalidade que cause prejuízo significativo a si mesmo ou aos outros passa a ser considerado como transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva.

Um perfeccionista compulsivo não consegue fazer nada sem que tudo esteja exatamente do jeito que ele acha que é o correto. Escrever um texto como esse? Impossível. Quem sofre deste transtorno ficaria horas e horas reescrevendo tudo, trocando palavras, buscando erros, tentando encontrar uma perfeição, que talvez nem seja possível de ser alcançada.

Esse tipo de atitude leva a uma constante insatisfação, tristeza, falta de pontualidade e eficiência, se tornando um verdadeiro defeito. Pessoas com esse tipo de transtorno precisam de acompanhamento psicológico, visto que isso pode desencadear outras patologias como depressão e demência.

Quando o perfeccionismo é uma virtude

Na grande maioria dos casos as pessoas apresentam o que é chamado de “perfeccionismo normal”, quando se esforçam para fazer tudo bem feito e superar as expectativas. Esse tipo de atitude é costumeiramente associada a pessoas com bastante eficiência, inteligentes e sempre dispostas a enfrentar novos desafios. A vontade de fazer o melhor é um excelente combustível.

Não há nada de errado em tirar uma nota 8 na escola e ficar chateado, querendo buscar um 10, não é mesmo? Foi a vontade de fazer melhor que levou a humanidade onde estamos hoje, com tantas tecnologias e inovações que melhoraram nossas vidas.

Ayrton Senna se intitulava um perfeccionista. Quem assistiu algumas de suas corridas e acompanhou sua carreira sabe como ele fazia tudo para ser o melhor. Desde o ajuste do carro até os momentos dentro do cockpit, ele sempre estava por perto e exigia o melhor.

Em nossas carreiras e na vida, esse tipo de perfeccionismo é super importante. Foi a vontade de fazer melhor que fez a Apple virar a gigante que é hoje. A cada lançamento eles tentam fazer mais e melhor, criar algo com um design ainda mais atraente, mais funcional, que consiga realizar todos os desejos de seus utilizadores.

Esse é o tipo de perfeccionismo que todos devemos buscar em nossas vidas. A vontade de fazer melhor, de evoluir, é o que move a humanidade. Se não fosse essa vontade, ainda estaríamos contentes em nossas cavernas ao lado de uma fogueira e comendo um rato distraído que ousou cruzar nossa vista. 

Cuidado pra virtude não virar defeito

Só tenha cuidado pra essa virtude não virar um defeito, beirando a neurose.Entenda que cada pessoa tem seu tempo, suas vontades, seus objetivos. Não queira que todos sejam “perfeitos” como você (imagina que é).

Tome cuidado ao ver que está procrastinado seus projetos e desejos por medo de errar. Não fique esperando o momento perfeito onde todos os astros estarão alinhados e uma grande conjunção cósmica sorrirá para você e, então, vai poder tirar seu projeto do papel. Não tenha medo de errar. Isso faz parte da vida.

Nem tudo é preto ou branco. Existe uma infinidade de cores na paleta da sua vida. 

Você pode tentar ser o melhor, mas se não for, relaxa. Dá pra tentar de novo, dá pra esperar ou dá pra simplesmente viver sem se preocupar com isso.

Perfeito mesmo é ser feliz sempre que possível e do jeito que der!

Gostou do texto? Curta, compartilhe e comente. Vamos trocar ideias!

E falando em trocar ideias, estou criando um grupo fechado para quem quer receber e-mails meus com novidades, textos em primeira mão e dicas. É só clicar neste link pra se cadastrar: http://eepurl.com/cqEXXv

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor insira seu nome aqui